26
May
Conserto de Celulares

Conserto de celulares vale a pena?


Você usa o celular para tudo: se comunicar com as pessoas, agenda, GPS, guardar arquivos, chamar transporte, banco, e tantas outras. Aí, de repente, o aparelho pifa. Pronto! Parece que a sua vida que parou, não é? Mas o conserto do celular vale à pena?

Defeitos não são raros, nem restritos a pessoas que deixam os aparelhos caírem com frequência. Por mais que você trate seu gadget com todo o cuidado, existe a obsolescência programada – que, na prática, significa que ele tem prazo de validade. Leia mais sobre a obsolescência programada aqui.

Entre as razões mais comuns de conserto de celular, estão a tela quebrada (algo que a garantia não cobre), lentidão e problemas com a bateria, microfone, câmeras, placa interna e conector de energia. Queda do aparelho na água também é bastante comum.

Independente da razão desse defeito, a dúvida é a mesma: compensa pagar caro no conserto, e ficar um tempo sem o aparelho, ou vale mais à pena comprar logo outro?

Quer comprar um celular semi novo?

Os prós e os contras do conserto de celular

Você adora o seu smartphone. Mas se ele começa a dar defeito, aí vale pensar com bastante cuidado sobre se realmente vale à pena enviar para o conserto.

Primeiro, porque ele pode ficar na assistência técnica por quase um mês, dependendo do problema. Daí, você tem que arrumar um aparelho “quebra galho”, com metade das funções que você precisa, com amigos ou parentes.

Se não tiver, tanto pior: como ficar incomunicável? Então, vale olhar com cuidado os prazos de previsão de ajuste.

Quanto ao preço, essa é a parte mais importante na decisão. Isso porque um ajuste que parece simples pode custar mais da metade do preço de um smartphone na loja.

Apenas como exemplo, o preço do reparo de um Moto G chega a equivaler 55% de um aparelho novo. O mesmo acontece com o iPhone.

Trocar a tela do modelo 6 Plus custa mais de R$ 1 mil – razão por que muita gente acaba optando por usar quebrado mesmo.

O reparo nas lojas não autorizadas, por sua vez, pode sair mais barato. Mas tem a desvantagem de não serem preparados especificamente pelas marcas e de não ter a garantia – ou seja, qualquer novo defeito é mais uma facada no bolso. Sem contar que perde a garantia de fábrica.

Quanto aos dados perdidos, aí é outro problema! Leia mais sobre como recuperar dados do seu smartphone quebrado.

As melhores alternativas para conserto de celulares

Saber se o conserto vale à pena é uma questão caso a caso, e depende muito de outros fatores – como o preço do seu celular, o preço de comprar outro, tempo de uso e até se ainda está ou não no período de garantia. P

rincipalmente, deve ser levado em conta se o conserto realmente vai deixar o seu gadget como novo.

O conserto não parece uma boa ideia?

Pense bem: se mandar para a assistência custa a metade de um smartphone novo, vale à pena considerar a compra de um seminovo que já tenha passado por todos os processos de manutenção e tenha seu bom funcionamento garantido.

Se colocar na ponta do lápis, esse investimento vale à pena – e pode até rolar um upgrade para aquele modelo que você está namorando.

Dá uma olhada nos modelos da Refone e faça as contas!

Quanto ao velho, a opção é revender pelo site da Redial, com a possibilidade que, após a recuperação, ele seja bem aproveitado por outra pessoa.

E, de quebra, já ajudar a pagar a nova aquisição. Ou, quem sabe, doar para uma ONG parceira, que receberá o dinheiro da revenda.

Veja aqui o que mais você pode fazer com o seu celular quebrado.  

Notícias Relacionadas